Caneta e Papel

(com qualquer ou nenhuma inspiração.)

Arquivos Mensais: maio 2008

É isso aí..?!

Mais um cartucho queimado.

Decepção, depois tristeza, seguindo raiva e agora calmaria.

Já falei que não me abato mais por isso.

É claro que eu, como ansiosa que sou, gostaria logo de passar e etc e tal.

Mas no fundo sei que não é assim. Não é fácil. Preciso, mesmo, estar a altura dos concorrentes.

Como diz Rô: tem que ser meio Sun Tzu nessa parada!

Continuo na briga. Mais do que nunca.

E que venha o próximo concurso, porque já estou estudando de novo.

Quem disse que vida de concurseiro é fácil?

Anúncios

Dedicação

Dedicação é a capacidade de se entregar à realização de um objetivo. Não conheço ninguém que tenha progredido na carreira sem trabalhar pelo menos doze horas por dia nos primeiros anos.

Não conheço ninguém que conseguiu realizar seu sonho sem sacrificar sábados e domingos pelo menos uma centena de vezes. Da mesma forma, se você quiser construir uma relação amiga com seus filhos, terá de se dedicar a isto, superar o cansaço, arrumar tempo para ficar com eles, deixar de lado o orgulho e o comodismo. Se quiser um casamento gratificante, terá de investir tempo, energia e sentimentos nesse objetivo. O sucesso é construído à noite! Durante o dia você faz o que todos fazem.

Mas, para conseguir um resultado diferente da maioria, você tem de ser especial. Se fizer igual a todo mundo obterá os mesmos resultados. Não se compare à maioria, pois, infelizmente, ela não é o modelo de sucesso. Se você quiser atingir uma meta especial, terá de estudar no horário em que os outros estão tomando chope com batatas fritas. Terá de planejar, enquanto os outros permanecem á frente da televisão. Terá de trabalhar, enquanto os outros tomam sol à beira da piscina. A realização de um sonho depende da dedicação. Há muita gente que espera que o sonho se realize por mágica. Mas toda mágica é ilusão. E ilusão não tira ninguém do lugar onde está.

Roberto Shinyashik

Vida de Concurseira II

Dois meses e alguns dias de estudo. Meu semblante e meu físico refletem todo o meu cansaço, inegavelmente.

Dentro dos meus limites – e até os ultrapassando -, muitas vezes esgotada fisicamente, me esforcei. Em comparação com outros objetivos passados, para este fui mais assídua, mais responsável, mais comprometida. Nem tanto por ter um irmão professor, mas principalmente porque preciso mais que ele. Porque além de meu espelho e cobrador, é meu maior incentivo.

Travo comparações com a minha preparação pro MPE – que foi desastrosa, tanto pelo estudo tortuoso, quanto pelo emocional abaladíssimo como nunca houvera sentido antes- desta vez vou um bocado mais confiante e menos ouvinte de más palavras. Tenho aprendido bastante, em todos os sentidos.

Não é pensamento negativo (jamais!), porém vou consciente pra este meu próximo desafio: se caso não me aprove, vou continuar buscando. Não quero mais desistir e nem fraquejar. Nem dar ouvidos ao que dizem os outros: fracos são eles que não percebem que forte é quem persiste… e alcança. Finalmente, encontrei o caminho certo e vou na minha busca pessoal cada dia mais capaz. Não tenho mais dúvidas de que posso estar no círculo dos vencedores. Estive lado a lado com muitos deles nesse curso. Ninguém tem noção do gás que tomei e da objetividade que cultivei nesse tempo.

É bem verdade que ainda me sinto ‘Davi enfrentando um Golias monstruoso’ a frente, porém sem arredar o pé. Sei que não vai demorar muito para acertar o alvo neste gigante.

Estes dias são releituras. De resoluções de provas e de colocar na cabeça confiança. É a minha primeira grande prova de concurso pro nível que me qualifiquei. É só o primeiro de muitas na escada que estarei subindo de agora em diante.

E seja o que Deus quiser, permitir, abençoar.

Paixããããooo!

Comecei a preparar meu orçamento pra ir a SP. Se nada, nadinha atrapalhar, será meu presentão de aniversário! O quê? Estar no GP Brasil de F1. 😀

Ano passado minha tentativa foi muito em cima da hora e esse ano é preciso apressar o passo (fim-de-ano, promoções esgotadas, passagens mais caras fora hospedagem o mais próximo possível de Interlagos e da Marginal Pinheiros).

Apesar de Já ter uma frustração (os ingressos do GP estão praticamente esgotados 😦 ), vou me planejar pra ir aos treinos e acompanhar os FC’s. Afinal, só de ouvir o povo contando sobre as andanças passadas (GP’s 2006 e 2007), já fico no frisson.

Não sei se o homem do capacete azul aí da foto vai estar no pódium. O R28 é uma verdadeira carroça, a Renault fez o favor de refazer o carro e o Fernando Alonso tem trabalhado, corrida a corrida, para melhorá-lo. Brigas por campeonato, sendo bem realista, só ano que vem. Mas isso não esfria a torcida. Sou ainda mais ‘Alonsista’  do que nunca (eu e toda a Marea, logicamente)!

(Poisé, sou brasileira e torço pelo espanhol, sim! Nada posso fazer se o Rubinho demorou a acordar, o Massa é puro marketing da Rede Bobo e o Nelsinho ainda tá engatinhando. Sou patriota, mas gosto ainda mais de desportista que faz valer a pena o talento que tem!).

“Um abraço diz muitas coisas…

Abraços são dados de muitas formas
e com diferentes significados.
Têm abraços que dizem:
Fico muito contente com a sua amizade…

Existem abraços que expressam o orgulho
que se sente por alguém especial!…
Também há abraços que dizem:
Não existe ninguém no mundo igual a você…

Há abraços doces e ternos
que são dados em momentos de tristeza…
Com um abraço também podemos dizer:
Sinto muito‘,
quando alguém está passando por um momento difícil…

Há abraços que damos, para dizer:
‘Que bom que você veio’,
e outros que dizem:
Sentirei sua falta quando você estiver longe de mim…

E não faltam esses abraços perfeitos para fazer as pazes…
E os abraços cheios de carinho,
que nascem do coração…

Como você vê,
existem abraços para diferentes ocasiões;
abraços rápidos e abraços demorados,
um para cada razão…

Porém, de todos os abraços,
o mais carinhoso é aquele que diz:
Você está sempre no meu pensamento
porque eu te quero muito Bem
”.

E sempre será assim!

(a.d.)

B-siiiide, ainda me assusto com o fato de pensar em ti e tu ouvir tudo daí. 😀

É IMPRESSIONANTE!

Amo muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito, S2!

Murphy, o amigão!

Se você perceber

que uma coisa pode dar errada de 4 maneiras

e conseguir driblá-las,

uma quinta surgirá do nada.

(eu bem que mereço. shiiiit! ¬¬)

%d blogueiros gostam disto: